terça-feira, 9 de janeiro de 2007

Ano Novo.. Vida Nova?

Ailoooo...
Por vezes damo-nos conta de que os dias passam a correr, certo?
Não temos tempo para nada... e depois, num ápice, apetece-nos tudo!
Novo ano, vida nova... diz o "velho" ditado... então porque não aproveitar e Respirar de forma diferente...
Nop... eu cá não sou dessas coisas... prometo n coisas... Ai... quando vier o novo ano vou deixar de comer chocolates ( Já agora... sabem o que são as "calorias"... não?... humm.. então eis uma definição que encontrei num e-mail que uma grande amiga minha enviou (thanks ... tu sabes quem és): " As Calorias são pequenos animais que vivem nos roupeiros e que durante a noite apertam a roupa das pessoas."), vou fazer ginástica (levantamento do copo... ahhhh... dá sempre para "matar" uns bichinhos daqueles que vivem nos roupeiros), vou deixar de fumar (como se disso dependesse a salvação da camada de ozono), vou ser mais responsável com as minhas tarefas domésticas ( yep... olha a desorganização cá em casa - defeito de quem vive sozinho), vou ser mais concentrado no trabalho (aaan... como é que é isso? podes repetir?... ufa... estou ko... o que quero é ir para casa), vou visitar mais vezes os meus familiares (opss... que grande despiste sou...), vou lembrar-me mais vezes dos meus amigos (e especialmente das amigas) (ui, ui, ui... passam-se meses e nem um e-mail sai.... o que vale é que me refugio sempre naquela de " não é por não aparecer ou por não dizer nada que me esqueço de ti... estas bem presente"... yep... e isso até é verdade)...
e assim se passa mais um (vários) ano(s)... ooppssss... será que estou a ficar velho....
Quando tinha 10 desejava ter 20... quando tinha 20 desejava ter 30, quando tinha 30 desejava ter....10... que vida esta, ein?
E eis-me dado por mim tentado a desejar ser diferente...
Naaaaa... Gosto de ser como sou!... e disso não abdico.
Acho que este contágio da permissa "este ano é que vai ser" não deve ser encarado de forma tão séria...
Tomemos como exemplo o nosso cantinho à beira mar plantado, governado por pessoas (desculpem se chamo nomes a alguém) que, desde há longos anos, têm contribuído, de forma assustadora, para que chegássemos ao estado (anarquia governamental) em que nos encontramos, onde o "Eu quero, Eu posso e o Eu mando" voltam à mó de cima transformando-se em pilares alicercianos das chibatadas constantes que nos provocam.
Alguém acredita que é este ano que vamos pagar menos Impostos?
Alguém acredita que é este ano que os preços vão baixar?
Alguém acredita que é este ano que vamos ter menos desemprego?
Dahhh!!!!!!!!!!!
Então... porque não continuar com as rotinas e vicios do passado... não eram felizes com eles? ... não se sentiam bem em fazê-los?...
Ano Novo... e nada de novo....
Então querem o meu conselho? Sim?... Hummmm... 5 aérios (sem recibo... claro)...
Ok... eu faço promoção... o primeiro é gratuíto... os outros... logo se vê....
Eis: Continua a viver a vida como se não existisse a semana que vem... e quando achares que deves mudar alguma coisa... muda... que não seja por ser Janeiro... mas sim porque é isso que te apetece... mudar... não porque alguém te o diz para o fazeres, não porque chegou a data, mas sim porque tu decidiste que é hoje, agora, neste instante, neste local que o deves fazer.
Por tudo isto vos digo... também devemos aprender a respirar de forma diferente!

6 comentários:

libelinha disse...

as pessoas mtas xs precisam de um mote para mudar, p lhes dar aquele impulso que leva à mudança e daí vem a máxima "ano novo vida nova". Acho que a ideia está de que talvez porque o ultimo nr dos 4 digitos mudou podes apagar o atrás e escrever de novo na frente!
concordo que as mudanças não devem ser prisioneiras de espaços temporais - "no proximo mes... no proximo ano... etc" -concordo que ha decisões que não estão sujeitas a timings mas a sensações e sentimentos que fazem com que este seja o momento!
Penso que o mundo encara a palavra decisão/mudança como algo um pouco negativo qdo a maior parte das xs é para melhor, pk se n é, entao para quê mudar?...
é este o momento - now (como o slogan publicitário cheio de razão) vamos vive-lo!!!

uma observação aos chocolates: um quadradinho por dia só traz beneficios e deixa-te a sorrir! :)

Dual disse...

É caso para dizer "ano novo e viva o velho!" :D

Quanto a deixares de fumar (prepara-te para a chata do costume) acho que era um bem que fazias a ti próprio!

Ah! Já que não posso reclamar das visitas pessoais (porque a surpresa que me fizeste ainda não perdeu a validade) reclamo da falta de visitas virtuais ;)

B&A

Do Norte disse...

Concordo com muito do que li mas, para mudar é preciso tomar a decisão e tenho que confessar que às vezes me custa tomá-la!

Do Norte disse...

Ia-me esquecendo: eu tb. quero viver até aos cem anos. A sério.

libelinha disse...

pronto! ok! mas estamos no final de janeiro - nao achas q esta na altura de escreveres mais qq coisa?????????

Dual disse...

OK..."Ano novo...vida nova" and that's it?

Vá lá! Deixa-te de preguiça!